sexta-feira, 15 de maio de 2015

Palácio de Versalhes

Esse imponente castelo localiza-se na cidade de Versalhes, em Paris. O local surpreende pela beleza e grandiosidade. 
Recebe cerca de 10 milhões de visitantes por ano. É o segundo ponto turístico mais visitado da França, perde apenas para a Torre Eiffel.



Foi construído a partir de 1664, pelo rei Luís XIV, o “Rei Sol". Ele considerava os jardins tão importantes quanto o Palácio em si e queria que fossem à altura.


Os grandes jardins foram construídos com a função de impressionar quem os visitasse. Deviam exprimir através das suas fontes e estátuas, a grandiosidade da França e do seu rei.




É um verdadeiro museu ao ar livre que vale a pena conhecer, com um rico acervo de estátuas e vasos de mármore branco. O rei estimava que no século XVII, era o que de melhor se podia fazer para exprimir a beleza e o poder da França aos seus convidados. Para levar esta tarefa a diante, Luís XIV, escolheu o jardineiro André Le Nôtre e outros grandes paisagistas da época.


Foram projetados e construídos 90 hectares, dentro de um parque de mais de 700 hectares. As obras faraônicas, nas quais trabalharam milhares de homens, duraram 40 anos. 


Foi preciso transformar os pântanos ao redor do castelo e plantar árvores vindas de toda a França. As flores do jardim não eram plantadas, mas apresentadas dentro dos seus vasos, o que permitia mudar rapidamente a decoração, segundo as vontades do rei, e também, dar lugar a permanência de flores frescas, evitando que murchassem.



O jardim possui 2.000 lagos ornamentais, uma série de plataformas simétricas com canteiros e fontes, 350.000 árvores, e todos os anos, plantam-se cerca de 300.000 flores.






Não é só os jardins que são grandiosos, as construções do Palácio também surpreendem. Ao longo dos anos foram realizadas sucessivas ampliações. O incrível palácio tem 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos e 1.250 lareiras.



Para quem irá visitar o local, a grande dica é alugar um dos carrinhos de golf, onde você pode escolher em que língua quer as explicações e ouvi-las com uma musica clássica, perfeitamente em harmonia com o local. 


Os jardins, as esculturas e o interior do castelo, são muito bonitos e quando trata-se de uma primeira visita ao local, o visitante não tem tempo suficiente para aprecia-los em um só dia.

As mais visitadas do mês