sexta-feira, 12 de junho de 2015

- DICA DO DIA - Relacionamento

8 dicas para dar uma “apimentada” no relacionamento

1 - Revele os desejos íntimos.

A Dra. Eva Wlodarek, psicóloga da organização Female Affairs, especializada em problemas femininos, sabe que uma coisa é certa: “Quem não fala sobre os desejos íntimos e não se abre para os desejos do parceiro tem como resultado a frustração.” Uma pesquisa recente da Female Affairs indica que 66% dos entrevistados do sexo masculino acham que o relacionamento lucraria com a comunicação das preferências eróticas. 

A especialista orienta: “Não é boa ideia dar sugestões ao parceiro quando já estão na cama. Ninguém quer ouvir sugestões para melhorar o desempenho em plena ação. Mas dizer apenas ‘Temos de conversar sobre um assunto’ também não é bom. Espere uma oportunidade em que os dois estejam de bom humor e dispostos a falar – durante um passeio, por exemplo.”
Tome cuidado para a sugestão não soar como crítica. Não diga “Por que você nunca...?”, mas sim “Sabe do que eu gostaria?”


2 - A distância aproxima.

Não façam tudo juntos sempre, sigam caminhos diferentes de vez em quando, como passar um fim de semana fora, na casa de parentes ou amigos e permita ao parceiro fazer o mesmo.


3 - O trabalho doméstico deixa os homens mais sexies

Os estudos do psicólogo americano Joshua Coleman e do sociólogo Scott Coltrane indicam que as mulheres acham os homens que ajudam no serviço doméstico mais sexies do que os que só põem as pernas para cima e nunca mexem um dedo. “As mulheres nos disseram que se sentem mais atraídas pelos parceiros quando eles ajudam em casa”, diz Joshua. Ótima razão para se exercitar com as tarefas domésticas!

4 - Forma melhor, sexo melhor.


“Quarenta e cinco minutos de exercício ou uma sessão curta e intensa de levantamento de peso é a maneira ideal de aumentar a produção de hormônio masculino”, diz o urologista Frank Sommer, professor de Saúde Mas­culina do Hospital Universitário Hamburg-Eppendorf. Também é um estimulante da libido. Fazer algum exercício físico melhora muito a vida sexual.

5 - Espaço para a intimidade.

O trabalho, a família e as obrigações o deixam sem tempo para o amor? Então procure períodos de lazer em que consiga encaixar algum tempo para o sexo e a intimidade. A terapeuta de casais Doris Willer recomenda: “Planeje um bom encontro, seja para o sexo, seja só para conversar. Dê ao parceiro um lugar especial na agenda".

6 - Sentir-se bem ajuda a entrar no clima.


Uma pesquisa da Female Affairs revelou que é difícil as mulheres ficarem completamente satisfeitas com seu corpo. Isso pode fazê-las evitar algumas posições, ter um papel passivo na cama ou reprimir os impulsos eróticos. A Dra. Ulrike Brandenburg aconselha as mulheres: "Pare de se comparar com as outras mulheres. Você está ótima do jeito que é". O conselho dela aos homens: “Diga sempre à mulher da sua vida que ama o corpo dela do jeito que é.” Isso pode ter um efeito tremendamente libertador na cama.

7 - Nada de TV no quarto!


A televisão é a distração perfeita. Num estudo com 523 casais italianos, a psicóloga e pesquisadora sexual Serenella Salomoni, verificou o seguinte: quando os casais não se distraem na cama, fazem sexo duas vezes por semana. Mas, assim que a TV entra no quarto, os encontros apaixonados caem para meia a uma vez por semana.

8 - Fazer e escutar confidências

“É extremamente satisfatório e cria muita intimidade saber que o parceiro é um bom ouvinte, que é compreensivo e solidário”, diz a terapeuta de casais Doris Willer. Assim, conte ao seu parceiro os pequenos altos e baixos no escritório e na vida em geral, e, quando ele ou ela fizer o mesmo, escute com atenção. Emocionalmente falando, compreender e ser compreendido é uma dádiva.

As mais visitadas do mês