domingo, 26 de julho de 2015

Poema para o Sarau de Lagarto - SE



S imples e
A paixonante.
R eluzente
A os meus olhos e
U nico.

D estaca-se a
E mancipação da cultura

L agartense.
A o ar livre vem
G ente desconhecida e
A migos fiéis a esse
R espeitoso projeto.
T alentos com canções e poesia,
O stentam esse Sarau perfeito.
S implesmente
E spetacular.


Rafael Bretas

As mais visitadas do mês