domingo, 6 de setembro de 2015

Animal da semana - Orictéropo

O animal dessa semana é um simpático bichinho que assemelha-se a um tamanduá, com focinho de porco, orelhas de coelho e uma cauda de canguru!


Como vocês estão vendo, não é apenas o nome dele que é diferente; a aparência também. O orictéropo vive no continente africano e é conhecido também como porco-da-terra ou porco-formigueiro. Colonos holandeses na África, nomearam este mamífero noturno como "aardvark"; uma combinação das palavras Aard (natureza, terra) e Vark (porco): porco-da-terra.



Alimentam-se quase exclusivamente de formigas e cupins. Normalmente, saem de suas tocas no final da tarde, para irem a procura de seu alimento.


Enquanto forrageiam, eles mantem o nariz para o chão e as orelhas apontadas para a frente. Isto sugere que tanto olfato e audição estão envolvidos na busca de alimentos.


As garras lhes permitem cavar através das crostas duras de um cupinzeiro ou de um formigueiro, rapidamente e sem esforço. As picadas de suas presas são em vão, graças à sua pele dura. 


O único tipo de habitat que os orictéropos não podem ser encontrados é pântano. Eles também tendem a evitar terreno rochoso, pois interfere nas suas escavações. São animais solitários que preferem viver sozinhos e nunca foram encontrados em grandes números.


O corpo robusto é escassamente coberto de pêlos grossos. Adultos geralmente têm um peso que varia de 60 a 80 quilogramas e chegam medir 2,2 m de comprimento, considerando-se a cauda.




Nome científico: Orycteropus afer

As mais visitadas do mês