sábado, 31 de outubro de 2015

A História do Halloween


Halloween é uma tradição praticada há mais de 3 mil anos, iniciada pelos povos Celtas, e celebrado na noite de 31 de outubro. No entanto, o nome original da data, usado por esses povos, era "Samhain". A palavra "Halloween" foi adaptada ao longo do tempo, por conta do Dia de todos os Santos, comemorado em 1º de novembro, que em inglês significa "All Hallows Eve", cuja abreviação se tornou Halloween.




O primeiro registro do termo "Halloween" é de cerca de 1745. Derivou da contravenção do termo escocês "Hallo-Hellu" (véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. No Cristianismo existe o costume de celebração das chamadas Vésperas. No último serviço religioso do dia, depois do anoitecer, se celebra o dia que está por vir. Na Antiga Religião celta existia o Samhain, a Festa dos Mortos (no Cristianismo é celebrado dia 2 de novembro). Com a Cristianização das Ilhas Britânicas, de maioria Celta, houve uma mistura dos costumes das 2 religiões.





O Samhain, então, é uma das quatro datas mais importantes do ano para as antigas religiões pagãs, como celtas e druidas. Esses povos acreditavam que somos filhos da terra e que sofremos influência de todas as transformações ocorridas na natureza, como as mudanças das estações do ano, por exemplo. O Samhain era uma das datas mais importantes, pois representava o fim da colheita para os povos celtas, quando um ciclo termina para que outro novo se inicie. É o ano novo céltico.

Este dia, então, carrega uma forte energia. Os celtas acreditavam que todos os pedidos realizados à meia noite do dia 31 de outubro tinham mais chances de serem realizados.
A crença de que nesta ocasião não existe o véu entre o mundo astral e a Terra pode ser interpretada como a oportunidade para que você escolha e manifeste o que quer da sua vida.


Sendo assim, aproveite a energia especial dessa data para incentivar a fantasia das crianças e entre nesta brincadeira também. Você pode fazer um banquete de doces em casa. Melhor ainda se eles forem caseiros, pois os alimentos receberão sua energia e intenção no preparo. Outra prática possível é se inspirar nos povos celtas e se conectar com as energias das deusas mitológicas, mentalizando que elas tragam boas influências pra você e para sua família.


Curiosidades:


A prática de oferecer doces no Halloween, que costuma ser mais presente na América do Norte, na qual as crianças batem de porta em porta e dizem: "Gostosuras ou Travessuras?", também tem origem no Samhain. Nessa data, as mães e mulheres celtas preparavam um doce chamado "bolo das almas" e davam para as crianças, em troca de orações para algum ente querido já falecido, com o intuito de oferecer luz para quem se foi. Essa prática foi então adaptada pelos cristãos para o Dia de Finados (02/11), comemorado logo após o Samhain. No Dia dos Mortos, as pessoas costumam visitar os túmulos de entes queridos e, ao invés de oferecem bolos para crianças, levam flores para quem se foi.


Roma até chegou a celebrar o Halloween algumas vezes antes de Cristo, mas depois a festa foi intitulada como pagã e proibida pela Igreja Católica, que apelidou a celebração como Dia das Bruxas.


O coitadinho do gato ganhou má fama em antigas lendas. Essas afirmavam que as bruxas se transformavam no bichano em versão “black” e, para ajudar, algumas pessoas acreditavam que os gatos eram os espíritos dos mortos. Mas nem tudo está perdido. Hoje o gato preto é símbolo da capacidade de meditação, recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade.

Caldeirão, aranhas e morcegos: afinal, pra que tudo isso?

Há quem acredite em significados ocultos para os itens do Halloween.

• A vela indica os caminhos para os espíritos.

• O caldeirão faz parte da cultura celta e era peça fundamental na decoração. Dentro dele jogam-se moedas acompanhadas de mensagens com pedidos aos espíritos. Ao final da festa, essas moedas devem ser recolhidas e doadas a quem precisa. Já os bilhetes devem ser queimados para que os pedidos sejam atendidos mais rapidamente.

• A aranha simboliza o destino. O meio da teia representa o suporte para seguir em frente.

• O morcego simboliza a clarividência, pois o animal capta os campos magnéticos pela força da própria sensibilidade e energia, enxergando além das formas e das aparências.



Paleta de cores exuberantes




As cores laranja, preto e roxo não foram escolhidas por acaso para representar a festa.


Laranja: cor que traz vitalidade, energia e força. Os celtas acreditavam que os espíritos se aproximavam daqueles que se vestiam de laranja para sugar-lhes a energia.

Preto: cor predominante dos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes do mestre das trevas.

Roxo: simboliza a magia presente em toda a comemoração de Halloween.


Quando se fala em Halloween, a primeira imagem que vem à cabeça é uma abóbora esculpida e iluminada. Essa famosa referência é conhecida como “Jack O’Lantern”.

Segundo o folclore irlandês, um alcoólatra mal educado chamado Jack Miserable bebeu excessivamente em um dia 31 de outubro e o diabo veio buscar sua alma. Jack enganou o diabo para continuar bebendo e viveu por mais alguns anos. Quando morreu, não foi admitido no céu. Ressentido, o diabo também não o quis no inferno e o enviou para a noite escura com apenas uma brasa de carvão para iluminar o caminho. Jack colocou o carvão em um nabo esculpido que funcionava como uma lanterna e dizem que ele vaga pela Terra desde então.

Com o tempo, as pessoas criaram diferentes versões da Jack O’Lantern, esculpindo rostos assustadores em nabos, batatas e abóboras para afugentar Jack e outros espíritos malignos.

Algumas fotos engraçadas dessa Festa:







Vemos, portanto, que a atual festa do Halloween é produto da mescla de muitas tradições, trazidas pelos colonos no século XVIII para os Estados Unidos e ali integradas de modo peculiar na sua cultura. Muitas delas já foram esquecidas na Europa, onde hoje, por colonização cultural dos Estados Unidos, aparece o Halloween enquanto desaparecem as tradições locais.

Nós da Equipe do Blog TV Lagartixa, dedicamos esse vídeo a todos vocês! 



As mais visitadas do mês