domingo, 22 de novembro de 2015

Ave da semana - Abutre-barbudo

Não é só a aparência dessa ave que surpreende. Conheça o que faz parte de 70% da alimentação deles!



O abutre-barbudo faz parte do grupo das grandes aves de rapina, com cerca de 2,80 metros de envergadura, podendo pesar mais de 8 quilos. 



Eles desempenham o que podemos definir como a última função no processo da cadeia alimentar. A maior parte de sua dieta é constituída de ossos!




Procuram o seu alimento voando baixo por toda área onde vivem, desde clareiras e desfiladeiros, aos altos cumes das montanhas. Mas, como conseguem engolir ossos!? 


O processo evolutivo fez com que adquirissem habilidades para tal.
Para eles conseguirem deixar os ossos comestíveis e terem uma ingestão mais fácil, transporta-os para áreas com solo rochoso e depois jogam do alto para que possam quebra-los. 




Depois de largar o osso, o abutre barbudo desliza para baixo para inspecioná-lo se está suficientemente rachado.
Eles podem repetir o mesmo processo muitas vezes, até conseguirem transformar seu alimento da forma desejada. 




Além dos ossos, eles aproveitam a medula óssea, que é uma fonte de proteína que não é aproveitada pelos outros animais. 
Essas são as únicas aves especializadas nesse tipo de alimento.



Mas, apenas os adultos dominam essa técnica de arremesso, os mais jovens, por exemplo, podem levar 7 anos para aprender fazer o mesmo (porque é preciso saber onde jogar os ossos e até mesmo, como jogar!).



O esôfago e papo dessa ave são adaptados para ingestão de ossos razoavelmente pequenos, com uma grande capacidade de elasticidade e contendo um suco gástrico potente, para digerir um alimento tão sólido. 
Já que se alimentam quase exclusivamente de ossos, eles não possuem o pescoço sem penas como os demais abutres, tendo a vantagem de não enfiar a cabeça no interior das carcaças. 



Também são chamados de quebra-ossos e abutre-das-montanhas.
Vivem na Europa, Norte de África e da Ásia, em áreas montanhosas e desabitadas.

Nome científico: Gypaetus barbatus


As mais visitadas do mês