domingo, 14 de fevereiro de 2016

AVE DA SEMANA - RABO-DE-ARAME

A cauda desses passarinhos termina com penas finas e longas e é por causa disso que são chamados de rabo-de-arame.




Interessante que a aparência das aves geralmente costuma ter muita diferença entre macho e fêmea de uma mesma espécie. No caso do rabo-de-arame, os machos é que são os coloridos, com o trio de cores fortes, com asas e cauda negras, barriga amarela e cabeça vermelha, enquanto a fêmea é apenas verde-oliva e não possui os filamentos na cauda.





Esses pequenos passarinhos assim como muitos outros, movem-se muito rápido como se tivessem algum meio de propulsão, saltando e aparecendo nos galhos mais rápido do que o olho pode seguir. 
No início do período de acasalamento, os machos demonstram suas habilidades artísticas para impressionar a fêmea, fazendo coreografias, como balançar e eriçar as penas pretas, mover a cabeça e andar de um lado para outro.




Habitam florestas tropicais como a Amazônia, nos países onde a imensa floresta alcança além do Brasil, como Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.

Nome em inglês: Wire-tailed Manakin
Nome científico: Pipra filicauda

As mais visitadas do mês