domingo, 15 de maio de 2016

AVE DA SEMANA - Tetraz-das-pradarias

Para impressionar as fêmeas, os machos dessa espécie fazem uma exibição espetacular!





- Erguem as penas alongadas que ficam no alto da cabeça, inflam os dois sacos no pescoço, destacando um amarelo dourado, semelhante a duas laranjas; as asas ficam parcialmente abertas e a cauda ereta, apontando para cima. Simultaneamente, começam a emitir um som crescente, que pode ser ouvido de longe.




- São nativos da América do Norte, mas a perda de habitat causou um grande declínio no número e quase empurrou-os para a extinção. Aos poucos, o número destas aves vem aumentando gradualmente, graças aos esforços de conservação.



- Os norte-americanos chamam essa ave de galinha de pradaria ou perdiz da pradaria.
Jeff Walk, da Nature Conservancy, em Illinois, disse: "Galinhas de pradaria apresentam um dos melhores shows da vida selvagem no Centro-Oeste."



- As fêmeas são menores e não tem as manchas amarelas em torno de seu pescoço.





- A dança de acasalamento é competitiva e também serve para afugentar os rivais, quando os machos inflam os sacos no pescoço, batendo os pés no chão. Ocasionalmente, atiram-se para o ar. Em seguida, a fêmea se aproxima da corte e seleciona o macho desejável, que prossegue com a elaborada exibição.



Nome em inglês: Greater prairie chicken
Nome científico: Tympanuchus cupido

As mais visitadas do mês