segunda-feira, 16 de maio de 2016

Cratera de Darvaz

No Turcomenistão há esse buraco gigante, com chamas constantes em seu interior.
Muitos turistas tem chegado até lá pra ver de perto essa impactante cratera no meio do nada!



Com cerca de 70 metros de diâmetro e 30 metros de profundidade, o buraco fica no deserto de Karakum, distante 260 quilômetros ao norte de Asjabad, a capital do Turcomenistão.



As chamas geram um brilho dourado que pode ser visto por quilômetros, ao redor de Darvaz, a aldeia mais próxima, com uma população de cerca de 350 habitantes. 



A abertura não foi causada por fenômenos naturais. Em 1971, geólogos da ex-União Soviética faziam uma exploração de gás natural na região, quando acidentalmente perfuraram uma caverna de gás sob a plataforma, que cedeu e abriu o grande buraco. 




Temendo que a cratera emitisse gases venenosos, foi tomado a decisão de colocar fogo. Eles acharam que o gás iria queimar rapidamente, mas surpreendentemente, mais de 40 anos depois do incidente, as chamas continuam iluminar a noite no local, parecendo um oásis de ouro no meio do deserto.




O motivo das chamas constantes é a quantidade significativa de petróleo e gás natural existente na área.



A cratera é também chamada de "Porta para o inferno."


Recentemente, o cicloturista espanhol Sel López, acampou assustadoramente próximo da cratera!



















As mais visitadas do mês