domingo, 28 de agosto de 2016

ANIMAL DA SEMANA - Ornitorrinco

O processo evolutivo proporcionou uma aparência bastante peculiar a esse animal. 
Ele tem partes do corpo semelhante a pato, castor e ariranha. 
Mas as excentricidades não param por aí! Confira!


- É uma das três espécies de mamíferos que põe ovos. Isso mesmo! Eles mamam e nascem de ovos!



- O bicão lembra um bico de pato, a cauda é semelhante a dos castores, as patas e o corpo, lembram uma ariranha.



- O bico é equipado com sensores que são usados para detecção de presas. No alto, estão localizados os orifícios das narinas.



- Os machos tem duas glândulas de veneno ligados a esporas em suas patas traseiras. As fêmeas têm glândulas mamárias, mas sem mamilos. 



- São adaptados a vida semi-aquática. Habitam rios, lagoas e córregos. Alimentam-se de insetos e principalmente crustáceos. Tem hábitos noturnos.



- Medem aproximadamente 40 centímetros. Os machos são geralmente maiores do que as fêmeas.


- Eles costumam armazenar o alimento em suas bochechas, como os esquilos, para comer posteriormente em outro lugar, como fora da água.



- A fêmea incuba os ovos por cerca de dez dias após a eclosão. Os pequenos ornitorrincos permanecem na toca até cerca de 4 meses, quando começam a se aventurar para fora.



- A fêmea não tem mamilos, de modo que o leite é sugado pelos filhotes através de aberturas na pele abdominal.



- É um animal endêmico da Austrália.

Nome em inglês: Platypus ou duck-billed platypus
Nome científico: Ornithorhynchus anatinus

As mais visitadas do mês