domingo, 6 de novembro de 2016

ANIMAL DA SEMANA - Suricato

São animais que tem muita habilidade de "trabalharem" em equipe, dependendo uns dos outros para a sobrevivência em condições tão hostis onde vivem.
Lembram a dupla animada Timão e Pumba? Já apresentamos aqui o Pumba, agora é a vez de conhecermos melhor o Timão de verdade!



- Os suricatos têm focinhos alongados com um nariz preto e faixas escuras ao redor de seus olhos. Têm garras longas e afiadas em suas patas dianteiras, que os ajuda, tanto a cavar tocas como encontrar pequenos animais que estão enterrados sob a areia. 



- Sua pelagem é de marrom, com pequenas faixas paralelas em suas costas, estendendo-se desde a base da cauda até os ombros. A pelagem evoluiu para se adaptarem melhor às diferentes condições do deserto, não só ajudando a manter o animal fresco durante os dias quentes, mas também atuando como uma camada de isolamento para mantê-lo quente durante as noites frias.



- Vivem em grupos que normalmente contêm entre 3 a mais de 30 indivíduos. Os grupos são liderados por um casal, embora quem realmente lidera é a fêmea. O papel principal da fêmea dominante no grupo é gerar filhotes e encontrar as melhores áreas de alimentos.



- Depois de saírem de sua toca para tomar sol no início da manhã, o grupo vai forragear em busca de se alimentarem, enquanto outros mais jovens agem como guardas. O costume de ficarem em pé observando atentamente em volta, é uma tática eficaz de segurança para avisar o resto do grupo de qualquer perigo se aproximando, especialmente a partir do alto, como aves de rapina.



- Os sentinelas ficam em pé sobre suas patas traseiras em locais mais altos e havendo sinal de perigo, uma série de diferentes chamadas de alarme será soado para alertar o resto do grupo, muitas vezes fazendo com que todos os membros mergulhem rapidamente em sua toca subterrânea para se esconderem.



- Todo o grupo ajuda os filhotes a adquirem as habilidades de sobrevivência no deserto circundante. Enquanto a maioria está fora buscando alimentos, os mais jovens não se afastam para longe da toca, enquanto brincam na areia quente.



- É um animal carnívoro e têm um excelente senso de cheiro que é usado para farejar potenciais presas escondidas sob a superfície da areia. 



- Apesar de serem cariosos entre si e parecer que vivem em perfeita harmonia, contudo, alguns  comportamentos dos suricatos é chocante quando descobrimos mais informações sobre eles. A líder age violentamente se as outras fêmeas do grupo engravidar. Ela é a matriarca de sua família e detém o monopólio de procriação, produzindo filhotes. Normalmente são os filhotes das fêmeas dominantes que sobrevivem. Resumindo: ninguém, a não ser a fêmea líder tem o direito de ter filhos. Quando isso ocorre, os líderes poderão atacar e banir da toca seus descendentes para evitar que seu status seja desafiado. 
A sobrevivência dos filhotes depende em grande parte da abundância de alimentos e da disponibilidade de ajudantes para ajudar a cria-los.



- Dão à luz geralmente três a quatro filhotes ao mesmo tempo. Quando a descendência dos líderes alcança a maturidade, eles tomam seu lugar como subordinados e ajudam a criar as ninhadas mais jovens. Casais de reprodução permanecem juntos por anos, mesmo a vida toda. Um novo grupo não pode ser estabelecido até que haja uma fêmea dominante. 



- O macho e a fêmea dominantes geralmente são os maiores do grupo. O macho contribui para a defesa do território. As fêmeas nunca deixam voluntariamente seu grupo, ao contrário dos machos que deixarão voluntariamente para procurar oportunidades de acasalamento.
Suricatos são altamente territoriais e envolvem-se em violentas disputas territoriais com "gangues" vizinhas.



- Os adultos têm uma certa imunidade ao veneno de muitos répteis. No entanto, segundo um estudo de 2006 publicado na revista Science, em vez das mães e parentes permitir que os filhotes aprendam por tentativa e erro, correndo o risco de receberem uma picada potencialmente fatal, eles cortarão a cauda de um escorpião antes de ofertar o aracnídeo aos filhotes.

Nome em inglês: Meerkat or suricate
Nome científico: Suricata suricatta

As mais visitadas do mês