domingo, 20 de novembro de 2016

ANIMAL DA SEMANA - Waterbuck

É uma espécie de antílope que tem um notável círculo branco em torno do traseiro




- Apesar do nome ter uma referência com água, eles não são animais aquáticos, contudo, é um animal que tem uma certa afinidade com a água, porque são encontrados geralmente em ambientes próximos de lagoas ou rios e diferentemente da maioria das outras espécies de antílopes, os waterbucks são muito dependentes de água para beber algumas vezes ao dia.




- É um animal de aparência graciosa, com pelos compridos marrons ou acinzentados e em torno do focinho há uma mancha branca que o torna semelhança a um coração.


 
- Apenas os machos têm chifres, que são anelados e alcançam um comprimento de 50 a 80 centímetros. Os primeiros sinais do chifre aparecem aos quatro meses e o comprimento máximo é atingido após cinco anos. 




- Quando nascem, a mãe esconde o filhote na vegetação por cerca de três semanas, retornando de três a quatro vezes por dia para amamentá-lo. Cada período de amamentação dura apenas cerca de cinco minutos, durante o qual, a mãe limpa o bezerro para eliminar odores que possam atrair predadores. Ela também mudará muitas vezes o esconderijo de lugar.




- Eles possuem glândulas na pele que produz um óleo que deixa a pelagem impermeável. Os machos mais velhos exalam um odor forte como resultado dessas secreções.




- Há uma confusão mundial com o nome desse animal. Em alguns locais na África eles são chamados por inhacoso, piva ou quissema. Em outras línguas costuma ser traduzido como cobo-de-meia-lua, em referência ao formato de seus chifres e cobo-untuoso, em referência a pelagem.




- Há duas espécies: o waterbuck comum e o defassa waterbuck. Se diferenciam através da marcação branca na garupa, que no waterbuck defassa é uma grande mancha, enquanto na espécie comum há um anel branco contornando a cauda. 




- Entre eles não há ligação familiar e os membros do grupo frequentemente se dispersam ou são expulsos pelos mais velhos quando atingem a maturidade, logo após os 2 anos. Depois eles juntam-se a outros rebanhos de waterbucks jovens. 




- Alimentam-se quase exclusivamente de folhagens. Também comem frutas, se encontrarem. Quando um perigo potencial é detectado, eles frequentemente recuam para a água. 





- Vivem nas savanas e florestas ribeirinhas no continente africano.

Nome científico: Kobus ellipsiprymnus

As mais visitadas do mês