domingo, 11 de dezembro de 2016

AVE DA SEMANA - Lagópode-escocês

Ao longo do ano esta ave muda sua aparência com diferentes "trajes"!


- A plumagem do lagópode-escocês está em constante harmonia com as cores predominantes das estações do ano. No inverno, a plumagem, tanto no macho quanto na fêmea se torna quase completamente branca, à exceção de algumas penas da cauda. Esse recurso a mantém camuflada entre a neve. 





- No verão, quando a neve derrete e a vegetação ressurge, as penas do pescoço ficam completamente marrons e as asas e costas podem ser salpicadas com quantidades variáveis de cores brancas, marrons e pretas, que lhe permite permanecer escondida. A fêmea no verão geralmente tem uma aparência mais manchada. 



- O macho tem notáveis "sobrancelhas" vermelhas.


- É do tamanho de uma galinha. As fêmeas colocam 7 a 10 ovos em um ninho forrado de penas no chão e os incuba por cerca de três semanas.


- As pernas e pés são cobertos com penas. Os pés emplumados servem como raquetes de neve, enquanto as garras longas e afiadas ajudam o pássaro andar sobre encostas geladas.



- Passam a maior parte do tempo no chão, mas se for assustado, disparam em um voo rápido.
Alimentam-se basicamente de plantas e completam seu menu com insetos, quando estes estão disponíveis.



- Há 3 sub-espécies desta ave. Seu habitat é em torno do Ártico, em países como Rússia, Escócia, Finlândia e Groenlândia. Na América do Norte pode ser encontrada no Alasca e norte do Canadá. Tornou-se o pássaro oficial do estado americano do Alaska.


Fêmeas e machos e suas mudanças graduais da plumagem

Nomes em inglês: O principal é willow ptarmigan, mas também são chamados de rock ptarmigan e red-grouse.
Nome científico: Lagopus lagopus

As mais visitadas do mês