domingo, 29 de janeiro de 2017

AVE DA SEMANA - Calau-rinoceronte

Além desse pássaro ter uma aparência magnífica, que lembra um pterodáctilo, ele tem um comportamento igualmente admirável durante o período de nidificação. Confira!


- O bico do calau-rinoceronte é diferente da maioria das outras aves. Tem uma ornamentação na parte superior, curvada para cima, que parece com um segundo bico.


- O grande bico é naturalmente branco, mas, ao longo da vida do pássaro, adquire gradualmente as cores laranja e vermelho. Pode levar até seis anos para ficar totalmente desenvolvido. A estrutura é na maior parte oca, e é através dela que as chamadas do calau é amplificada, podendo ser ouvidas por uma longa área na floresta.


- É uma grande ave com aproximadamente 90 a 120 cm da ponta da cauda ao bico. Ambos os sexos se assemelham. A principal diferença entre eles, é que o macho tem olhos avermelhados e a fêmea olhos brancos. A cauda tem duas faixas brancas.


- Eles não fazem o ninho nos galhos, mas, precisam encontrar um oco em alguma árvore. Inicia-se então um dos mais longos e interessantes processos de incubação entre as aves.


- Uma vez encontrado uma toca, a fêmea se acomoda em seu interior e ajuda o macho a fechar parcialmente a entrada com uma pasta feita de lama, fezes e frutas, que ele coleta muitas vezes por dia. O casal deixa somente uma pequena fenda, e será através desta pequena abertura que o macho entregará alimentos a ela e mais tarde aos pintainhos, para os próximos quatro a cinco meses. A fêmea permanecerá "trancada" e terá que confiar em seu "esposo" todo o fornecimento de alimentação durante este longo períodoUm dos prováveis motivos deste recurso é para proteção contra predadores. 


- A fêmea mantém o interior da cavidade do ninho limpo, empurrando alimentos não consumidos e matéria fecal para fora.


- Quando os filhotes têm cerca de três meses de idade, a fêmea sai e a partir daí, ambos os pais trabalharão em conjunto para ocultar novamente os pintinhos por mais três meses, que é o tempo suficiente para saírem por conta própria e voarem livres. Todo este período levará cerca de 100 dias.


- Seu habitat é na Ásia, nas florestas tropicais de Bornéu, Sumatra, Java, Malásia, Singapura e Tailândia. Há mais de 10 espécies de calaus. 


Nomes em inglês: Rhinoceros Hornbill e Sarawak Hornbill
Nome Científico: Buceros rhinoceros

As mais visitadas do mês