sábado, 25 de março de 2017

ANIMAL DA SEMANA - Cão-da-pradaria-de-cauda-negra

Cães da pradaria são herbívoros que vivem em grandes grupos nas pastagens do centro e oeste da América do Norte.
Conheça fatos interessantes sobre esse animal!


- São animais que vivem em redes de túneis com múltiplas aberturas, que podem cobrir vastas áreas. As tocas são identificadas pelas entradas um pouco elevadas. Os túneis contêm "quartos" separados para dormir, criar jovens, armazenar alimentos e eliminar o desperdício.


- Em cada colônia há espaços estreitos chamados "coteries". Em cada coterie geralmente há um macho adulto, uma ou mais fêmeas adultas e seus filhos jovens. Esses coteries são agrupados em alas (ou bairros) e várias alas compõem uma "cidade".



- Há cinco espécies de cães-da-pradaria: de cauda negra, de cauda branca, de Gunnison, do México e de Utah. A espécie mais comum é o cão-da-pradaria-de-cauda-negra.



- Mede entre 28 e 33 centímetros de comprimento (sem incluir a cauda) e pesa mais de 1 quilo. A maioria tem pelo marrom-amarelado.
Eles podem sentar-se sobre as patas traseiras, mantendo-se em linha reta. Esta posição é para monitorar, comer ou socializar.



- Se alimentam basicamente de gramíneas, plantas com flores, raízes e sementes, mas no inverno podem comer insetos. São ativos durante o dia. Três da espécie hibernam durante o inverno.



- Cães da pradaria são muito sociáveis com seus grupos familiares, no entanto, não toleram "estranhos" perto de sua casa.


- Eles têm um sistema inusitado para distinguir uns aos outros. Quando se encontram, as vezes costumam se "cumprimentarem beijando". Mas, essa forma de interação não é meiga como parece, pois o toque no focinho serve para determinar se eles são membros do mesmo grupo.


- Um pesquisador disse: "Eles defendem ferozmente seus territórios (dentro de uma colônia) e grupos sociais que vivem próximos uns dos outros não toleram realmente outros cães de pradaria de outros grupos que entram em seu espaço".



- São chamados de cães porque os antigos colonos que viajavam através das planícies da América do Norte, acharam as chamadas de advertência deles similares aos cães latindo.

Nome em inglês: Black-tailed prairie dog
Nome científico: Cynomys ludovicianus


As mais visitadas do mês