sexta-feira, 26 de junho de 2015

- DICA DO DIA - Pet



Quando as pessoas adquirem um filhote de cachorro tem que ter conhecimento que, enquanto eles estiverem novinhos, vão fazer xixi e cocô em qualquer lugar onde estiverem e, segundo especialistas, a maioria das pessoas não sabem corrigir esse hábito de seus cãezinhos.
Para quem mora em casa pequena ou apartamentos e os animais tem que ficar dentro de casa, não é nada legal encontrar cocô pelos cômodos. Esse é o motivo principal de reclamações entre a maioria dos donos de cachorros de primeira viagem.

Selecionamos dicas muito legais para você ensinar o seu cachorrinho a fazer as necessidades no lugar certo! Confira:

- O mais importante é ter paciência e não dar bronca no bichinho horas depois que ele fez as necessidades no local errado. Ele não irá compreender o motivo da briga ou da punição. Nunca dê bronca, brigue ou bata no seu cachorrinho! Normalmente os cães só assimilam totalmente o local correto de fazer suas necessidades a partir dos seis meses de idade e podem ocorrer "acidentes" durante esse período! Afinal de contas, as mamães são pacientes com seus bebês. Portanto, ensine enquanto ele ainda é filhote, porque depois de adulto fica mais difícil. Quando os animais ainda são novinhos, é comum que enxerguem qualquer local como banheiro. Os filhotes não conseguem ficar muito tempo sem urinar, por exemplo, um cachorro com 3 meses de idade urina em média a cada 3 horas.

- Os animais em geral, costumam fazer as necessidades longe do local que encontram alimentos, portanto, o "banheirinho" deve ficar longe de onde estiver a comida.

- Há os chamados "adestradores sanitários", que podem ser encontrados nos Pet Shops, que são produtos à base de amônia, que imitam o odor da urina do cachorro, facilitando o adestramento. São produtos em forma de gotas ou sprays, como o Pipi Dog, Xixi Aqui ou Pipi Pode, que servem para ser colocados no local e auxiliar o cachorro a identificar, através do faro, que aquele é o local certo para ele fazer as suas necessidades. 

- Outros produtos, na forma de sprays, podem ser borrifados nos locais em que você NÃO deseja que ele faça as suas necessidades, ou seja, são repelentes, como o Xixi Não Pode ou o Procão Não Pode. No entanto, vale lembrar que nem sempre esses produtos funcionam em 100% dos cães. Esses produtos são mais recomendáveis para serem usados com cachorros mais velhos.

- Não prenda o cachorro em um local até ele fazer cocô ou xixi. Ele vai ficar com medo de ir até esse local determinado para fazer suas necessidades, se associar essa área a ficar preso.

- A própria urina do cãozinho pode ter o mesmo efeito. Deixar uma folha de jornal ou um tapete higiênico sujo com um pouco xixi no local onde ele deve fazer, ajuda o filhote a lembrar-se do lugar certo.

- No começo, a indicação é deixar uma ampla área do "banheiro" forrada com folhas de jornal ou tapetes higiênicos, para ficar praticamente impossível de acontecer erro. Na medida em que aumenta a desenvoltura do "aluno", a área de forração é reduzida até ficar equivalente a uma folha de jornal ou a um tapetinho, se o cão for pequeno. 

- Às vezes, o cão vinha usando corretamente o banheiro e, de repente, passa a fazer as necessidades em local errado. É provável que ele tenha encontrado um forte atrativo no novo lugar, como uma textura mais agradável de forração, que pode ser uma fralda, outro jornal, areia, piso molhado, grama, terra, entre tantas possibilidades.

- O cão deve conseguir chegar facilmente ao "banheiro" a qualquer momento do dia ou da noite. Em casas onde a circulação fica parcialmente bloqueada em determinados horários ou com vários pisos e escadas de difícil circulação, recomenda-se deixar mais de um "banheiro" à disposição do cão.

- Nem sempre xixi fora do lugar significa mau uso do "banheiro". Quando o cão adulto urina em pequenas quantidades, às vezes até em gotas e geralmente em superfícies verticais, provavelmente está demarcando.



As mais visitadas do mês